Transformar em flor

Sigo com a dor

tentando a todo custo

transformá-la em flor

Escrevo

Canto

Desenho

Danço

e a cada verso

a cada nota

a cada traço

a cada passo

novas folhas se abrem

novas raízes se lançam

em um desabrochar e amadurecer de mim mesmo

Mas a dor segue comigo,

talvez como castigo,

por tê-la guardado por tanto tempo

ou talvez como alimento,

pra uma alma que sonha em se lançar ao vento

[Vitor Uemura]

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram